0
COMPARTILHAMENTO
Pinterest Google+

Se tem um lugar na Chapada dos Veadeiros que tenho boas recordações é a Vila de São Jorge. Foi lá que anos atrás tomei a decisão de voltar a viver em Brasília — após 17 anos morando em Minas Gerais. Onde conheci amigos da vida e até encontrei um grande amor. Local onde peguei mais caronas (na vida!), indo e vindo de Alto Paraíso. Onde passei inúmeros carnavais, feriados e viradas de ano. Lugar onde fiz incontáveis pedidos para as estrelas cadentes caídas do céu, desbravei trilhas até me perder (literalmente) no meio do cerrado. Onde me encantei pelas Caliandras e vi um Lobo-gurá pela primeira vez. Admirei por várias vezes a despedida do sol, que para mim, é o mais bonito de todos.

Da primeira vez que estive em São Jorge até hoje: o afasto chegou, a vila cresceu e muita coisa mudou… Mas mesmo assim, o local guarda a essência e a rusticidade de outrora e é sempre bom voltar.

Vila de São Jorge

A vila surgiu na década de 40 com a chegada de milhares de garimpeiros em busca de cristal. O local chegou a ter mais de 3 mil homens trabalhando no garimpo. Com o declínio do cristal, a maior parte dos garimpeiros — oriundos principalmente da Bahia — voltaram para suas casas e deixaram São Jorge. A criação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, nos anos 60, atraiu visitantes para o povoado que passou por um processo de transformação. Desde então, o lugar descobriu uma nova fonte de economia: o turismo. Muitos guias são ex-garimpeiros que atuam como principais agentes na preservação do Cerrado.

sao-jorge-vila-veadeiros
Uma das principais ruas da vila de São Jorge

Moacir, o artista de São jorge

Moacir Faria começou a pintar aos seis anos de idade com carvão e tintas feitas com elementos da natureza, como urucum. Segundo ele, as primeiras pinturas eram inspiradas a partir de suas alucinações duais entre o céu e o inferno. Depois de adulto começaram a aparecer em seus desenhos muitos elementos sexuais, que são facilmente observados nas pinturas que fazem uma relação com profano e sagrado mesclados com elementos do cerrado, em cores fortes e vivas. Por muitos anos Moacir evitou o convívio social e não recebia visitas. Quando alguém se aproximava da casa ele rapidamente entrava e fechava portas e janelas. Hoje em dia a casa de Moacir é uma atração cultural em São Jorge. Toda coberta de desenhos a porta e as janelas abertas indicam que o visitante é bem-vindo!

vila-sao-jorge-veadeiros-3
Dona Maria Odúlia, mãe de Moacir

vila-sao-jorge-veadeiros-2

Como chegar 

São Jorge fica a 280 quilômetros de Brasilia e não existem muitas opções de transporte. Saindo da Rodoviária do Plano Piloto, tem apenas uma linha: Santo Antônio, com saídas diárias às 11h. Uma alternativa é pegar um ônibus até Alto Paraíso e seguir com outro até lá (ou pegar carona).

De ônibus até Alto Paraíso

Saindo de Brasília da Rodoviária Interestadual

Real Expresso: diariamente às 10h/21h
Tel.: (61) 2106-7100

Santo Antonio: diariamente às 07h/11h/15h
Tel.: (61) 3234-3997

As caronas são muito frequentes nessa região e até existe uma fanpage para agilizar esse processo. Falei dela nessa postagem sobre a Página Conexão Chapada. Para os caroneiros que gostam de pegar direto na BR, o ponto ideal é na parada de ônibus em Alto Paraíso que fica na entrada para a estrada rumo a São Jorge.

Dica para quem vai de carro:

  • Alto Paraíso é a última cidade para abastecer o carro.
  • A estrada até São Jorge está asfaltada (e possui ciclovia).

cris-marques-chapada

Clima

A temperatura média é de 25°C no verão e 19°C no inverno. Com o clima tipicamente seco do inverno no cerrado, os dias são quentes e as noites muito frias. Nessa época, leve agasalho! Nas duas estações hidrate o corpo com muita água, pois o nível de umidade é constantemente baixo.

Estrutura 

A vila de São Jorge é muito pequena, as ruas são de terra e a hospedagem mais econômica é o camping. Durante a alta temporada (feriados, férias e época de festivais) — o povoado com menos de 400 habitantes — recebe mais de 2 mil pessoas. Nessas épocas os preços são altos e as reservas de hospedagem devem ser feitas com antecedência.

São Jorge têm pequenos mercados, farmácia e várias opções de restaurante e bares. No entanto, se precisar de bancos (Brasil, Caixa e Itaú), posto de combustível e hospital é preciso ir até Alto Paraíso, a 36 km.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Quem deseja visitar o Parque, não tem jeito, precisa ir até São Jorge. Alguns preferem ficar hospedados em Alto Paraíso e ir durante o dia para fazer as trilhas. Para os viajantes sem carro, a melhor opção é ficar hospedado em São Jorge.

O PNCV está sob a gestão do Instituo Chico Mendes de Conservação e é um dos santuários de preservação do Cerrado. Infelizmente, o acesso com guias não é mais obrigatório. A entrada é gratuita e a visitação é aberta de terça a domingo, das 8h às 18h. Nos feriados que caem nas segundas, o parque fica aberto normalmente. Durante as férias de janeiro e julho, também funciona todos os dias. Não é permitido acesso de criança menores de 5 anos, mesmo acompanhadas dos pais. Na alta temporada a dica é chegar cedo, pois o limite de pessoas na trilha é limitado. Ao atingir o limite diário não é permito o ingresso no Parque. Na Trilha do Salto, por exemplo, são 250 pessoas e a Trilha dos Cânions, 200 pessoas por dia.

veadeiros

Principais atrativos naturais

  • Águas Termais
  • Cachoeira do Segredo
  • Encontro das Águas
  • Morada do Sol
  • Janela e Cachoeira do Abismo
  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

……………– Trilha dos Saltos do Rio Preto

……………– Trilha dos Cânions e Carioquinha

  • Salto do Raizama
  • Vale da Lua
  • Vale das Pedras
chapada-dos-veadeiros-sao-jorge
Vale da Lua
chapada-sao-jorge-2
Mirante da Trilha dos Saltos
chapada-sao-jorge
Cachoeira do Salto
sao-jorge-chapada-veadeiros-1
Poço da Cachoeira dos Saltos
sao-jorge-chapada-veadeiros
Mirante da Janela
chapada-veadeiros-encontro-aguas
Encontro das Águas

 Procurando uma hospedagem na Chapada dos Veadeiros? Conheça o Espaço Tauiá!

Post anterior

Um passeio de quadriciclo por Lavras Novas, Minas Gerais

Próximo post

Punta del Diablo: da badalação do verão ao sossego do inverno

22 Comentários

  1. Lais
    01/12/2016 at 7:55 — Responder

    Cris queria ir pra são Jorge no final de dezembro quais os Camping mais baratos para se pagar por dia e gostaria de saber como é as festas de final de ano.? Bjs desde já agradeço!

  2. Laura Dutra Bonvini
    06/09/2016 at 22:08 — Responder

    Oi Cris, eu gostaria de saber quais dessas cachoeiras cobra-se taxa para entrar

  3. 23/05/2016 at 13:13 — Responder

    Oi Cris!

    Irei a Veadeiros em Julho, ficarei 4 dias inteiros e vou me limitar somente ao Parque Nacional, pois vou sem carro e irei ficar em São Jorge. Minha pergunta é. Consigo conhecer os melhor lugares/trilhas do parque? 4 dias é muito? É Pouco?

    Abraços

    • 22/06/2016 at 23:36 — Responder

      Olá Rafael, no parque você tem duas trilhas principais que você pode fazer uma por dia, 2 dias é suficiente. Nos outros 2 dias você pode ir conhecer Raizama e Vale da Lua.

      Grande abraço!

  4. 16/04/2016 at 10:56 — Responder

    Oi, Cris, bom dia. Sou de Salvador e vou pra Chapada dos Veadeiros em Junho (inclusive já comprei passagem aérea pra Brasília e passagem de ônibus para Alto do Paraíso). Queria uma ajudinha sua, porque estou sem saber qual melhor lugar para ficar (Alto do Paraíso ou São Jorge), porque vou sem carro e quero fazer algumas trilhas sem guia (as que forem fáceis) para economizar grana para pagar guia nas que forem mais distante (ex: Santa Bárbara). Você me indica camping aonde? Porque também tenho que atentar para o fato de que vou ter que ir para alto do paraíso 2:40 da manhã, porque meu ônibus volta para Brasília esse horário. Aguardo retorno e MUITO OBRIGADA!

  5. 08/03/2016 at 22:21 — Responder

    Boa noite, gostaria de dicas para Cavalcante, ficarei em são jorge, mas quero passar um dia lá para conhecer a famosa Cachoeira Santa Barbara e o que mais tiver por lá de interessante por perto. inclusive cachoeiras que existam no caminho de volta para Alto Paraíso. Irei em 21 de abril, será que é uma boa época.
    Obrigada

    • 25/03/2016 at 12:41 — Responder

      Olá Ana Paula, em breve farei um post de Cavalcante. Enquanto isso você pode acompanhar pelo Instagram, tem muitas dicas de lá: @dentrodomochilao.

      Grande abraço!

  6. Fabiola
    10/12/2015 at 15:19 — Responder

    Olà Rosimara , sou a Fabiola. irei pra a chapada sozinha e gostaria de preguntar onde fica a porta de entrada para o parque e se eles cobram para uma entrada.
    as trilhas, as cachoeiras , o mirante ficam todos dentro do parque ?

    quais são os lugares mais bonitos pra visitar ?

    • 16/12/2015 at 13:25 — Responder

      Olá Fabiola, a entrada fica em São Jorge e dá para chegar andando até lá. É só perguntar que você acha. 😉 A entrada custa R$3. Caso você queira contratar um guia o valor é R$100 (com grupos de até 10 pessoas). No parque você pode escolher duas trilhas: Trilha dos Salto e
      a Trilha dos Cânions. As duas têm cachoeiras e são lindíssimas!!!

      Grande abraço,
      Cris Marques

  7. Rafael Henrique
    02/06/2015 at 12:36 — Responder

    Bom dia Cris!
    Estou com algumas duvidas, mas acredito que você pode me dar uma ajudinha.
    Então, eu e mais dois amigos estamos planejando uma viagem para a chapada em julho, para comemorar o meu aniversário. É a nossa primeira viagem até a chapada. Moramos em Luziânia.
    A ideia é Brasília > Alto Paraíso ( indo pela real express) . Aí já surge uma das minhas duvidas; como ir de Alto Paraíso para São Jorge ? ( onde pretendemos ficar hospedados)
    É fácil pegar carona lá? Mesmo sendo três pessoas? Tem algum ônibus ou van?
    Eu lí sua postagem sobre o camping Tauiá e fiquei encantado! Creio que vai ser lá mesmo que vamos ficar. A ideia inicial é uma viagem de 3 dias.
    Outra duvida é … Como faço pra chegar até as cachoeiras? pelo que andei vendo, ficam um pouco distante uma da outra. Queremos muito ir até o vale da lua e visitar o parque nacional. O guia é contratado lá na entrada mesmo? Quanto custa em média?
    Inclusive, estamos querendo fazer uma viagem de baixo custo, o importante mesmo é o contato com a natureza.
    Acho que é isso.
    Se puder ajudar, ficaremos muito gratos. Estamos precisando bastante dessas informações.
    Abraço, Rafael.

    • 16/06/2015 at 15:16 — Responder

      Olá Rafael, tem ônibus saindo de Alto Paraíso para São Jorge, os horários você pode verificar na rodoviária de Alto. Carona de 3 pessoas sempre é um pouco mais difícil em qualquer lugar, mas é só ter um pouco de paciência que uma hora aparece um carro apenas com o motorista. Existe uma página no facebook bem ativa de caronas solidárias na Chapada. Dá uma olhada nesse post -> http://www.dentrodomochilao.com/2013/01/pagina-de-transporte-solidario-facilita-pedir-e-oferecer-carona-para-chapada-dos-veadeiros/
      Recomendo o camping Tauiá demais! Vocês irão gostar! Em algumas cachoeiras você pode chegar caminhando como o Vale da Lua e o Parque. O resto rola de pegar carona. Para o parque não é obrigatório guia, mas se quiserem contratar um pode ser na entrada mesmo. Não sei quanto custa, acho que é R$100 (independente do número de pessoas). Acho. =)
      Ajudei? Qlq outra dúvida pode escrever!

      Grande abraço!

  8. rosimara
    18/05/2015 at 3:02 — Responder

    Ola irei na chapada dos veadeiros sozinha,estou de férias e gostaria de saber.um.pouco mais de.lá,o.que as pessoas n contam e perigoso?da para visitar as.cachoeiras sozinhas ?qto dias são necessários para conhecer as mais.famosas?celular pega lá?tem cachoeira tanto em são.Jorge como alto?n tem ônibus em são Jorge?como volta para Brasília ou para alto paraíso?obg ficarei muito.agradecida se.puder me passar informações. Att rosimara

    • 29/05/2015 at 16:47 — Responder

      Olá Rosimara, dá para visitar todas as cachoeiras sozinhas, mas vai depender do seu espirito de independência. hehe Se você é acostumada a viajar sozinha não terá problema nenhum.
      – um dia é suficiente para cada cachoeira
      – celular pega
      – tem cachoeiras tanto em São Jorge quanto em Alto
      – não tem ônibus em São Jorge, mas tem ônibus de São Jorge para Alto Paraíso
      – Volta para Brasilia de São Jorge e de Alto, mas só tem um horário pela manhã

      Espero ter te ajudado um pouco…

      Grande abraço!

  9. ingrid
    16/01/2015 at 18:35 — Responder

    Deus mora na Chapada não tenho duvidas!!!!

  10. Ana Carolina
    03/12/2014 at 12:34 — Responder

    Em São Jorge, no Parque Nacional, justamente no mirante da janela tive uma experiência espiritual inesperada. Completamente mágico. Aquele lugar é sensacional e inexplicável.

  11. 23/09/2014 at 14:40 — Responder

    Sim! São Jorge é um dos melhores lugares na vida <3

Responder para

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *