Home»Dentro do Mochilão»As 6 catedrais góticas mais incríveis do mundo

As 6 catedrais góticas mais incríveis do mundo

0
COMPARTILHAMENTO
Pinterest Google+

Não é preciso ser religioso para reconhecer a grandeza arquitetônica e histórica das catedrais góticas no mundo. As igrejas destacam-se por sua arquitetura impressionante, vitrais gigantes e complexa simbologia, quase surreal. Muitas delas levaram séculos para serem construídas e outras, ainda seguem em construção.

O estilo gótico nasceu no final do século XII na Europa Ocidental e vigorou até o século XV. Suas características influenciaram outros períodos e estilos arquitetônicos, por isso, existem muitas obras com referências góticas, mas não são consideradas completamente góticas.

quito-catedral

Curiosidades sobe os simbolismos das catedrais góticas

  • As torres nos obrigam olhar para o alto e dão um sentido ascensional ao ato de “olhar para o céu”. Enquanto as igrejas românicas são escuras, lembrando cavernas, as catedrais góticas são exuberantes e altas.
  • Os principais elementos são o fogo e ar, que simbolizam purificação iniciática e elevação espiritual, que se expressam nos vitrais (fogo) e nas torres (ar).
  • Dentre as cores rosáceas (vitrais circulares, geralmente localizados sobre o pórtico central) o vermelho sempre é destacado. A intenção era que durante os horários canônicos à luminosidade filtrada criasse a sensação de um incêndio, que seria o verdadeiro fogo iniciático: Hora Mariana (6h) e Vésperas (18h)
  • As rosáceas são consideradas pantáculos (espécies de talismãs) no cristianismo e são as principais fontes de entrada de luz no interior das catedrais. Duas são mais importantes: uma na lateral e outra sobre o pórtico central, marcando a fronteira entre o sagrado e o profano.
  • Até o final da Idade Média, a rosácea central era chamada de “A Roda”, que na alquimia simboliza o tempo necessário para o fogo agir sobre a matéria, transmutando e purificando o espírito.

1. Catedral Duomo, Milão, Itália

Construída em 1386 e finalizada em 1965, quase 600 anos depois, a Catedral Duomo é considerada uma das igrejas mais bonitas do mundo. São 157 metros de altura inteiramente de mármore branco. O mais curioso na igreja é um calendário zodíaco que se encontra no piso do interior da igreja. Os 12 signos funcionavam como uma espécie de relógio para marcar com precisão a páscoa. Explico. A Páscoa é uma data móvel que geralmente ocorre no início da primavera (na Europa), sendo a posição astrológica do signo de Capricórnio. Na transição do sol (equinócio), um feixe de luz entra na igreja ao meio dia e chega até a marcação de Capricórnio, que indica a chegada da primavera. Ou seja, da Páscoa. Deu para entender? Esse calendário foi criado em 1776. Genial!

Foto 10-05-15 10 48 55 (1)

2. Catedral de Notre-Dame, Paris, França

A catedral de Notre-Dame é um dos símbolos de Paris, localizada no coração da cidade. Construída em 1163 a igreja está na Île de la Cité, cercada pelo Rio Sena. Na idade média a ilha foi o centro do poder real e eclesiástico. Todos os domingos acontece a tradicional missa gregoriana (10h e 18h30). A Catedral de Notre-Dame é dedicada à Virgem Maria e, por ano, cerca de 14 milhões visitam o local.

norte-dame-paris

3. Basílica del Voto Nacional, Quito, Equador

A Basílica del Voto Nacional é considerada uma das obras mais importantes da arquitetura neogótica do Equador. São 24 capelas internas, das quais 22 representam o número de província do país. Um fato curioso é que, diferente de outras catedrais com suas clássicas gárgulas, na basílica existem répteis e anfíbios próprios do Galápagos.

quito-cateral-2

Foto: Judith Gandy
Foto: Judith Gandy

4. Catedral de São Patrício, Nova York, Estados Unidos

Ocupando um quarteirão da famosa 5th Avenue, cercada por arranha-céus, a igreja parece bem menor do que realmente é. Ela foi construída no século 19 e no seu interior encontra-se a cripta com os restos mortais de Pierre Touissant, considerado por muitos estudiosos, como o primeiro santo afro-americano.

Foto: Bia

5. Sagrada Família, Barcelona, Espanha

Uma obra que já dura quase 140 anos, com previsão de terminar em 2026 (veja o vídeo abaixo de como vai ficar quando finalizar). A Sagrada Família foi construída em 1882 e no ano seguinte foi assumida por Antoni Gaudí. Tamanha era a sua dedicação pela igreja que ele construiu uma casa ao lado para se dedicar à obra. Foram mais de 40 anos trabalhando e após sua morte, a continuidade da igreja quase ficou ameaçada. A Sagrada Família é Patrimônio Mundial da UNESCO.

sagrada-familia

6. Catedral de Colônia, Colônia, Alemanha

Mais uma das catedrais que levaram séculos para ser construída é a Catedral de Colônia — foram mais de 630 anos. Dedicada a São Pedro e a Maria, ela foi concluída em 1880 e na época era o prédio mais alto do mundo, com 157 metros de altura. Segundo consta, a igreja abriga os restos mortais dos três Reis Magos dentro de um relicário de ouro e pedras preciosas. Ela foi bombardeada 14 vezes durante a Segunda Guerra Mundial e, mesmo assim, manteve-se de pé. Em 1996 a catedral foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. colonia-alemnha

Post anterior

África do Sul: 2 motivos radicais para conhecer Soweto

Próximo post

O que levar na mochila para uma viagem de 3 meses?

No Comment

Responder para

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *