0
COMPARTILHAMENTO
Pinterest Google+

O Paraíso dos Pândavas é um Yoga Resort, localizado a 20 minutos de Alto Paraíso, na estrada sentido Vila de São Jorge. O local é ideal para quem busca uma hospedagem tranquila, com uma proposta de se integrar com a natureza e a essência do seu próprio ser. O local fica dentro de uma reserva ambiental com mais de 400 hectares de Cerrado com três cachoeiras, uma piscina natural e mirantes incríveis!

A proposta do Paraíso dos Pândavas é a partilha do estilo de vida integrado com a yoga e a consciência de Krishna. Ao mesmo tempo, focados também, em atividades de preservação do meio ambiente e ajuda ao próximo.

“A idéia por trás disso é simples: acreditamos que não é eficaz apenas desenvolver estas importantes metas separadamente, pois estão intrinsecamente ligadas umas às outras. Falar em vida espiritual (ou religiosa) sem tomar os devidos cuidados com a ajuda ao próximo é algo reconhecidamente inaceitável. Igualmente contraditório é falar em vida espiritual e não ter cuidado com o meio ambiente e com a própria saúde.  Por outro lado, ter cuidado com o meio ambiente e com o próximo, sem levar em consideração o aspecto espiritual é pouco coerente, pois a vida, ou consciência, não é material, como a própria ciência moderna nos mostra.” Giridhari Das

Além da hospedagem, o Paraíso dos Pândavas também oferece retiros espirituais. Uma oportunidade para entrar em contato com a cultura e filosofia milenar da yoga da devoção (bhakti), o canto de mantras (kirtans) e técnicas de meditação. Geralmente, os retiros são em feriados, com uma programação que inclui práticas de meditação e yoga e trilhas para banhos. Todas as pessoas são bem-vindas, independente da idade e da experiência com as práticas. Se você não conhece essa filosofia de vida é um ótimo momento para conhecer!

O Paraíso dos Pândavas foi fundado em 2006 por Giridhari Das (Gustavo Dauster) palestrante, autor e instrutor no campo da autoajuda, autorrealização em yoga e consciência de Krishna. Também tem um projeto chamado o Caminho 3T, onde publica vídeos de autoajuda. Ele também vive no local com a esposa, Charana Renu Dasi (Rhiannon Dauster) e os dois filhos, Bryn Govardhana e Macsen Krishna. O mesmo conduz as palestras diárias e algumas práticas de yoga.

Todos os funcionários são praticantes do caminho yoga, vegetarianos e também meditam junto com os hóspedes. São pessoas conectadas com a proposta do lugar e sem dúvida, a equipe que trabalha no Paraíso dos Pândavas, é um dos grandes diferenciais.

O local tem limite máximo de 25 hóspedes, incluindo chalés e camping. Por isso, é recomendado reservar com antecedência. Na sede encontra-se o Templo, onde são feitas as práticas e as refeições, a recepção, cozinha e redário. Próximo dali, fica a Casa de Hóspedes com quarto compartilhado e três suítes. Um pouco mais afastado, estão as Suítes Shanti, o Chalé do Sadhu e os Ecos-chalés Paz e Bhakti.

Os Ecos-chalés estão a 500 mestros da sede e são totalmente sustentáveis, feito com tijolos de adobe, pintura natural com tinta feita com terra, telha ecológica, aquecimento solar de água e madeira de reflorestamento. Um experiência à parte para quem quer completa privacidade.

Suítes Shanti

Chalé do Sadhu tem banheiro em baixo, com saída para fora. Fica a 400 metros da sede.
Eco-chalé

Outro ponto fortíssimo são as refeições oferecidas no Paraíso dos Pândavas. Sério, uma das melhores comidas lacto vegetarianas que já comi na vida! O valor da diária inclui pensão completa (café da manhã, almoço e jantar), em qualquer tipo de hospedagem. Apesar de simples e com poucas variedades de pratos. tudo é muito farto e você vai se sentir muito satisfeito. Tudo é preparado no local, com temperos frescos colhidos da horta e as frutas são todas da época.

  • Não é permitido o consumo de bebidas alcoólicas, carne e café.

Programação diária

Todos os dias o Paraíso dos Pandâvas segue uma programação onde é opcional para o hóspede participar ou não. Mas já que está ali, recomendo se permitir seguir a programação e aproveitar todas as atividades do lugar:

06h45 – Kirtan (canto de mantras)

07h00 – Japa (prática de meditação mântrica)

07h20 – Aula de Yoga

08h45 – Café da Manhã

10h00 – Passeio pela reserva ambiental, com opções de banho nas cachoeiras e visita aos mirantes

13h30 – Almoço

18h30 – Ritual de Bhakti-Yoga (aratik) e kirtan (canto de mantras)

19h00 – Filosofia do Yoga: aula, bate-papo transcendental, perguntas e respostas

19h45 – Jantar

Além das práticas fixas (já inclusas na diária) é possível agendar atendimentos de massagem, sessão de EFT (Emotional Freedom Technique), Shiatsu com Reiki ou Tarô Terapêutico por um custo adicional.

Atrativos naturais

Dentro da reserva é possível conhecer três cachoeiras, guiadas por um funcionário do local. A piscina natural fica a 3,5 km da sede (cerca de 40 minutos) e tem uma borda infinita para um vale. Fui em julho, época de seca, e a piscina estava bem vazia. De toda forma valeu pela vista. A trilha até lá é por uma estrada de terra de fácil acesso, porém é muito descampada. A dica é levar chapéu para se proteger do sol e uma garrafa com água.

Reserve aqui sua hospedagem: Paraíso dos Pândavas

Piscina natural com água
Piscina natural (vazia) na época de seca

É possível chegar até lá sem carro?

Sim. Para chegar até o Yoga Resort peguei um táxi da rodoviária de Alto Paraíso. O valor do transfer é R$ 60 (até 4 pessoas). Achei o valor muito alto, mas infelizmente é a única opção para quem está sem carro. Se estiver com pouca bagagem, também pode ir de moto-táxi. Para ir embora peguei uma carona com um casal de hóspedes e já combinava no café da manhã caronas com que estava indo para as cachoeiras.

  • O Paraíso dos Pândavas não oferece translado;
  • Atente-se ao horário de chegada, os taxistas não trabalham na madrugada. Se precisar de um translado depois das 00h já deixe reservado;
  • Escolha as opções de hospedagem perto da sede.

  • O WiFi é gratuito, mas o sinal é melhor próximo da sede ou do templo. Nas hospedagens afastadas não chega sinal, apenas 3G e mesmo assim com muita instabilidade. Aproveite para se conectar com a natureza!
  • A hospedagem é PENSÃO COMPLETA e inclui: três refeições à vontade, 70 minutos de aula de yoga, caminhada guiada para as cachoeiras e piscina natural, seção de meditação, canto de mantras e seção de bate-papo/aula de filosofia da autorrealização em yoga.
  • Toda a programação começa pontualmente nos horários indicados acima.

Significado da palavra “Pândavas”

A palavra pandava (ou também Pandawa) são os cinco filhos do rei Pandu. Os três mais velhos eram filhos dele com Kunti, e os dois mais novos com Madri. Cada pandava corresponde a um dos cinco chakras (pontos enérgicos do corpo).

Leitores do blog tem 10% de desconto na reserva antecipada no Paraíso dos Pândavas. Esse desconto é exclusivo para leitores do Raízes do Mundo, não esqueça de falar que viu essa informação por aqui.
Confira o post: Tudo sobre a Chapada dos Veadeiros
Post anterior

Hospedagem em Alto Paraíso: Pousada Recanto da Grande Paz

Próximo post

15 lendas, curiosidades e histórias do Deserto de Atacama

No Comment

Responder para

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *