Como manter uma boa alimentação durante a viagem?

4
685

Hoje vamos conversar um pouco sobre alimentação na viagem, dicas para você não deixar de comer bem na estrada. Viajar é uma ótima ponte para aprender os costumes gastronômicos de uma região ou país. Indiferente se está de dieta ou viajando de forma mais econômica, é possível comer bem e manter hábitos saudáveis durante a viagem. Com o mínimo de esforço você não precisará mudar a sua rotina alimentar e ainda, poderá incluir novos sabores experimentando alimentos diferentes. Mesmo em locais onde a cultura do fast-food é muito presente, como os Estados Unidos, é possível procurar alternativas e descobrir excelentes opções saudáveis. (Leia o post com dicas de fast-foods com opções saudáveis em Nova York.)

Alimentação na viagem

Os viajantes mais econômicos se privam de uma alimentação saudável por achar que irão gastar mais e orgulham-se do miojo (argh!), enlatados e biscoitos recheados. Muitas das minhas viagens foram roots, no perrengue, e nem por isso deixei de comer bem. Pelo contrário, o dinheiro que eu via a galera comprando essas coisas, eu comprava frutas, verduras e grãos, e ficava super satisfeita.

Faça sua própria comida

Eu sei que dá uma preguiça ficar fazendo comida quando estamos viajando. Mas comprar e fazer sua própria refeição pode ser uma oportunidade de ver a cidade como um nativo, indo no mercado e/ou feiras. E não vale fazer macarrão, hein?

  • Abuse da diversidade de cores no prato. Quanto mais colorido mais nutrientes terá!
alimentação na viagem
Momento roots, mas com o prato colorido com comida de verdade.

Entre na onda das marmitas 

O pessoal do fitness trouxe de volta o hábito das velhas e boas marmitas. Hoje ninguém tem vergonha de abrir o marmitão e comer em qualquer lugar, pelo contrário, é sinal de saúde e qualidade alimentar. Eu também entrei nessa onda e não viajo sem a minha marmita, principalmente para locais de praia. Sempre levo frutas, castanhas, snacks, sanduíche natural e algum tipo de suco em uma pequena garrafa térmica.

  • Tubérculos são ótimos para levar em marmitas. Invente receitas com batata, batata doce, mandioca e inhame.
alimentação na viagem
A minha marmita (bolsa verde). Levo para quase todos os lugares, principalmente destinos de praia.

Clube de assinatura de produtos saudáveis 

O meu novo cuidado alimentar para minhas viagens é receber mensalmente, em qualquer lugar do Brasil, uma caixa com mais de 10 alimentos vegetarianos, funcionais, orgânicos, naturais e artesanais, selecionados pela assinatura do Mundo de Gaia. Não necessariamente as assinaturas são para viajantes, mas como estou cada mês em um canto, acabo recebendo em vários lugares. O que é maravilhoso, pois já tenho a certeza que todo mês irá chegar uma caixa com produtos de todo tipo: desde café da manhã, lanches, preparos para refeições, sobremesas e bebidas.

  • Use o código FINCP153M e tenha desconto de R$15 válido para os primeiros 3 meses de assinatura.

alimentacao-viajante

Alimentação na viagem: Ovo cozido para trilhas

Um outro hábito comum de quem faz trilhas é encher a mochila de besteiras que não alimentam de verdade. Além de frutas e alguns carboidratos um boa dica é antes da trilha cozinhar ovos, não tirar a casca, enrolar em um pano e levar para a trilha. O ovo é uma ótima fonte de proteína e vai durar algumas horas, sem estragar.

  • Alimentação na viagem: evite levar maçã pois é uma fruta adstringente, que te deixará com mais fome.

E para beber?

Abuse da água de coco e sucos de frutas, melhor ainda se for da estação. Sucos frescos, feitos da fruta, oferecem muitos nutrientes para o corpo e atuam como remédio natural.

  • Experimente misturar no suco hortaliças como menta, hortelã e capim-cidreira.

boa-alimentacao-viajando-1

Vivemos em um mundo tão cheio de produtos artificiais, agrotóxicos e químicos, que comer bem é se faz urgente! Precisamos ter consciência que a nossa alimentação também afeta a qualidade de nossa viagem.

Brasiliense, turismóloga, blogueira, mulher medicina, admiradora das brincadeiras populares e dos simbolismos étnicos. Sol e lua em sagitário, adora banana, cachoeiras, rios e mar. Não viaja sem seus óleos essenciais, não recusa um convite para dançar e acredita que o abraço cura.

4 COMENTÁRIOS

  1. Guria, amei as dicas de fast food em NYC! Vira e mexe, viajando perco o ritmo da dieta, daí procuro me pesar com alguma periodicidade para não perder o rumo e anoto no meu celular, daí tenho uma noção de como meu organismo e minha alimentação estão se comportando. Feiras e mercados resolvem muuuito a vida. Ontem mesmo eu comprei cenouras frescas que vou usar para snacks, alternativa saudável como ovos cozidos e castanhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.