As 6 cachoeiras mais altas do Brasil

60
776

Você sabia que as maiores cachoeiras do Brasil podem ser visitadas? Algumas dessas gigantes passam despercebidas por quem visita determinadas regiões do país. Será que você já passou por alguma e nem sabia que era uma das maiores do Brasil?

Infelizmente, não existe muito destaque para as cachoeiras mais altas, visto que as medições oficiais são quase inexistentes. Em uma simples pesquisa na internet, a partir da 5° cachoeira mais alta, já fica difícil descobrir a altura correta das cachoeiras. É importante ressaltar que saltos e cachoeiras são enquadradas em categorias diferentes, e isso também gera bastante confusão na classificação.

Cachoeiras gigantes

O “Projeto Cachoeiras Gigantes” (veja a página deles clicando aqui) mediu várias cachoeiras, principalmente no sul do país e trazem uma lista “não oficial” com várias cachoeiras gigantes. Mas pelo tamanho do nosso país, com certeza abrigamos muitas outras cachoeiras gigantes, ainda não listadas, até mesmo pela dificuldade de acesso.

De acordo com as últimas atualizações oficiais (2018) as cachoeiras mais altas do Brasil são:

1 – Cachoeira da Fumaça – Chapada Diamantina (BA)

Com 380 metros de altura em queda livre, está localizada no Parque Nacional da Chapada Diamantina, no Vale do Capão, município de Palmeiras, na Bahia. Sua queda é tão grande que a água “evapora” antes de tocar o solo, e esse fenômeno dá a impressão de fumaça. Quando o vento bate, traz a água para cima e a sensação é que está chuviscando. Esse efeito da água é melhor visto (e sentido) na época de seca, quando a cachoeira ainda tem um nível de água reduzido.

A caminhada até o topo da cachoeira leva em torno de duas horas, de nível leve a moderado, dependendo do condicionamento físico. Para os mais aventureiros há opção de fazer a travessia por baixo, com duração de 2 a 3 dias. Nesse caso é obrigatório ir com guia.

Como chegar?
Salvador -> Lençóis ou Palmeiras

    • Avião: voo direto para Lençóis de avião via Belo Horizonte ou Salvador.
  • Ônibus: A viação Real Expresso faz o trajeto até a cidade de Palmeiras, trajeto de 7 horas.

Palmeiras -> Vale do Capão

  • Ao chegar na cidade de Palmeiras você pode contratar um passeio até a Fumaça ou ir por conta, em ônibus até o Vale do Capão. De lá, pode pegar carona (prática comum na região) ou ir até a portaria de moto táxi.

Trilha: 12 km (ida/volta)

Dificuldade: moderado/difícil

Melhor época: O período de estiagem é de setembro até dezembro. Nessa época a cachoeira pode estar completamente seca, mas se não estiver, é mais fácil de ver o fenômeno da água. Entre os meses de abril e outubro chove pouco, não atrapalha a caminhada e a cachoeira já estará cheia.

Dicas

  • Evite ir na alta temporada e feriados prolongados, o local fica lotado e forma fila para tirar fotos no mirante principal.
  • O horário de visitação é das 8h às 17h, mas as subidas para a trilha são permitidas até às 13h.

Entrada: gratuita

cachoeiras
Na época de seca e o fenômeno da água subindo com o vento
cachoeira-fumaca
Em época de cheia. Repare que embaixo ela forma outras quedas.

2 – Cachoeira El Dorado – Amazonas

Com 353 metros de altura já esteve no topo da lista das mais altas do Brasil, mas após a nova medição realizada em 2017, perdeu o posto para a Cachoeira da Fumaça, que teve seu tamanho atualizado.

A Cachoeira El Dorado está localizada no Parque Estadual da Serra do Aracá, no município de Barcelos, extremo norte do Amazonas. Infelizmente o parque é um desses que só existe no papel, pois não há nenhuma infraestrutura, plano de manejo e o acesso até a cachoeira é extremamente complicado, pois não existem trilhas demarcadas. Para conhecer o lugar é necessário autorização prévia da Secretária do Meio Ambiente. Poucas agências organizam expedições até a cachoeira e os preços chegam até R$5.000 por pessoa.

O Parque Estadual Serra do Aracá foi criado em 1990 e em 1992 foi reconhecida a Terra Indígena Yanomami.

Como chegar?
Manaus -> Barcelos

    • Barco lento: viagem de aproximadamente 32 horas, seguindo pelo Rio Negro. É necessário levar rede própria ou ir nas cabides individuais. Inclui café da manhã, almoço e jantar.
    • Expresso: barco rápido de aproximadamente 12 horas.
  • Avião: o vôo dura cerca de 1 hora em avião fretado.

Dificuldade: muito difícil

Melhor época: A melhor época para fazer o percurso é no período de chuva, entre abril e setembro.

Entrada:  se conseguir chegar, é gratuito.

3 – Cachoeira do Tabuleiro – Conceição do Mato Dentro (MG)

Com 273 metros de queda é a mais alta do estado de Minas Gerais e fica dentro do Parque Municipal do Ribeirão do Campo, na Serra do Espinhaço. O visitante pode explorar o parque por três trilhas:

    • Trilha do Mirante: apenas para contemplação, fica a apenas 20 minutos a partir da portaria, com vista panorâmica;
    • Trilha do Alto da Cachoeira (por cima): para chegar no topo da cachoeira são 8km de subida, com um desnível de descida. O nível de dificuldade é moderado, para quem já é acostumado com trilhas, pois serão 16km no total;
  • Trilha do Poço (por baixo): a trilha tem 3km de descida até o poço da cachoeira e o nível de dificuldade é moderado.

Como chegar?
Belo Horizonte -> Conceição de Mato Dentro

Os ônibus saem de Belo Horizonte quatro vezes por semana pela Viação Serro direto para Conceição de Mato Dentro.

Melhor época

Na época de chuva não é possível ter acesso pela Trilha do Poço devido ao grande volume de água. A melhor época para conhecer o poço é entre abril e outubro, na estação seca.

Dicas

    • Recomenda-se contratar um guia ou ir com alguém que conheça a região, principalmente para subida, pois a trilha passa por algumas bifurcações;
  • A entrada só é permitida até às 14h.

Trilha: aproximadamente 8 km (ida/volta)

Dificuldade: moderado/difícil

Entrada: R$ 10

cachoeira-tabuleiro

4 – Cachoeirão – Chapada Diamantia (BA)

Perceba que algumas das maiores cachoeiras do Brasil estão localizadas na Chapada Diamantina. O Cachoeirão têm 270 metros e fica no Vale do Pati, para conhecê-la é necessário fazer o trekking, considerado um dos mais bonitos do país. Você pode fazer também pode fazer a trilha em um dia, mas é bem puxada e exige melhor condicionamento físico.

Em épocas de chuva a queda se multiplica, formando um paredão com várias cachoeiras, chegando a formar mais de 19 quedas! É comum não ter água nas épocas de estiagem, mas mesmo assim, vale pela vista.

Em maio, com pouca chuva apenas uma queda ficou visível. A vista é sensacional!

5 – Cachoeira do Jatobá – Mato Grosso 

A maior cachoeira do Mato Grosso tem 248 metros e está localizada dentro do Parque Estadual da Serra Ricardo Franco, no município de Vila Bela da Santíssima Trindade. Para visitação é necessário contratar um guia local.

Trilha: aproximadamente 10 km (ida/volta)

Dificuldade: moderado/difícil

6 – Cachoeira Encantada – Itaitê, Bahia

A Cachoeira Encantada também está situada dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, no povoado de Itaetê. Essa cachoeira pode ser acessada tanto por cima, quanto por baixo para desfrutar do banho no poço.

Trilha: por baixo aproximadamente 10 km (ida/volta), por cima aproximadamente 22 km (ida/volta)

Dificuldade: moderado

Entrada: gratuita

Você já visitou alguma dessas? Compartilhe nos comentários sua experiência!

60 COMENTÁRIOS

  1. Olá Cris,
    A cachoeira de Bel fica localizada no povoado de Monte Alegre,município de Guaratinga-Bahia!Outras cachoeiras existem na região,sobretudo grande parte localizadas no Parque Nacional do Alto Cariri,em Guaratinga-Bahia!

  2. Olá Cris!

    Nós, do Projeto Cachoeiras Gigantes, estamos medindo as mais altas cachoeiras do Brasil.
    Há inúmeras alterações em relação à lista que divulgaste:
    1 – Cachoeira do El Dorado – 353 m – Barcelos – AM.
    2 – Cachoeira da Fumaça – 340 m – Palmeiras – BA.
    3 – Cachoeira da Boa Vista – 310 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)
    4 – Cascata do Risco Verde – 296 m – São Francisco de Paula – RS. (#)
    5 – Cachoeira Véu de Noiva – 289 m – Cânion Itaimbezinho – RS/SC. (#)
    6 – Cachoeira do Bel – 280 m – Monte Alegre – BA. (+)
    7 – Cachoeira do Tabuleiro – 273 m – Conceição do Mato Dentro – MG.
    8 – Cachoeirão – ~270 m – Chapada Diamantina – BA.
    9 – Cascata Água Branca – 259 m – Maquiné – RS. (#)
    10 – Cascata Diagonal – 257 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)

    Além destas, temos a Cachoeira da Neblina, medida pela expedição liderada por Márcio Bortolusso no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que possui altura aproximada de 450 metros.
    Há também a Cachoeira das Lágrimas, medida pela expedição liderada por Ronald Fernandes, no interior de Guaratinga, Bahia, possui altura de 460 metros. Trata-se de uma cachoeira intermitente, que aparece quando as chuvas tomam conta do enorme maciço rochoso onde esta se encontra.

  3. Boa noite , tem um erro na postagem , o vale do capão é município de palmeiras não de Lençóis , favor corrigir .

    Gostaria de ver os dados oficiais , onde posso?

    • Oi Maria, grata pela informação sobre o município, irei corrigir. Sobre os dados oficiais, vou falar o mesmo que falei para o Thiago: Nos primeiros parágrafos já cito quem fez a medição e também falo que é uma lista “não oficial” visto que no Brasil não existe um órgão responsável em medições de cachoeiras. Por gentileza, leia o post com atenção. Se você descobrir os dados oficiais compartilha conosco, pq tem um monte de gente querendo saber, inclusive eu. 😉

  4. Ola sou guia aqui na chapada e essa questão de qual é a maior cachoeira é sempre polêmica. Como vcs mediram essas alturas? Pergunto pq se vou afirmar isso preciso de dados rs

    • Oi Thiago, você realmente leu o post? Nos primeiros parágrafos já cito quem fez a medição e também falo que é uma lista “não oficial” visto que no Brasil não existe um órgão responsável em medições de cachoeiras. Por gentileza, leia o post com atenção. Nem precisa ler ele todo, já vai tá logo no começo essa informação que vc necessita.

  5. Convidamos, também, para conhecerem os maiores canyons do Brasil: Canyon Itaimbézinho e Canyon Fortaleza com suas cachoeiras e paredões com mais de 500 metros de altura. Estão localizados em Cambará do Sul – RS.

  6. Bom dia!
    O Salto São Francisco não fica em Prudentópolis, sua localização é na tríplice fronteira de Guarapuava/Turvo/Prudentópolis, porém, ele pertence a Guarapuava.

  7. Conheci a do Tabuleiro ontem e me apaixonei. Maravilhosa!!! Agora já quero conhecer todas essas outras. Mas haja joelhos e panturrilhas!!! kkkkkk
    Não sei se já tinha as escadas quando você foi. Segundo os bombeiros que estavam lá, são cerca de 600 degraus. Mesmo com corrimão em toda a extensão das escadas, não recomendo pra quem não está em forma. Na volta as pernas quase não me obedeciam mais. Fui por baixo e também não recomendo ir com crianças, porque há trechos bem complicados entre as pedras, além de ter que entrar na água em alguns.

  8. Top dicas!
    Valeu mesmo a pena visitar este site.
    A maior do Brasil é um desafio que me atrai muito, pretendo formar uma equipe para visitar.

  9. Faltou a cachoeira das andorinhas, com 300 metros de altura, vista do mirante da trilha do vértice – Parque Nacional Aparados da Serra – RS

  10. Conheço o Salto São Francisco, que fica a 50km da minha casa. Mandei uma foto no e-mail. E, realmente, tem mais um punhado de cachoeiras entre os 60m e 100m de altura aqui em Prudentópolis que podem ser visitadas.

  11. Da lista, conheço duas: Salto do São Francisco em Prudentópolis e Casca D’anta na Serra da Canastra. Salto do São Francisco tem asfalto até na porta do parque. Idoso não paga ingresso. A vista do alto é impressionante. Tem diversos mirantes. Para ver a cachoeira de baixo, só com guia em trilha pesada. No alto, bem próximo, tem outra cachoeira, Salto dos Cavalheiros, pequena e com lugar para banho. Num raio de 60km há diversas outras cachoeiras com acesso por estrada de terra em boas condições. Para ver todas as cachoeiras da região, uma semana é pouco. Fora a arquitetura ucraniana, predominante, que é uma beleza. A Casca D’anta é a primeira cachoeira do Rio São Francisco e o acesso por estrada de terra é bom até a portaria do parque. Idoso não paga. Da portaria até a cachoeira são aproximadamente 2 km que devem ser percorridos a pé em trilha leve. Como o parque disponibiliza área para churrasco na beira do rio, veículos podem entrar somente para carga e descarga, devendo ficar estacionados na portaria. A vista de baixo é impressionante e se consegue chegar até o lago onde a água cai. Há uma trilha moderada que leva até o alto ou então de carro voltando na estrada e percorrendo uns 50km. Não estivemos na parte alta que vai ficar para uma próxima vez. Na estrada há vários restaurantes de comida caseira imperdíveis.

  12. Ual! Incríveis Cris! Mas faltou a Cachoeira do Jatobá, é a 4° maior do Brasil, com 248m e situada na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade-MT.

  13. Olá Cris , excelente matéria aos amantes de aventura. Porém gostaria de fazer uma retificação. Da lista conheço a Cachoeira Casca D’Anta (parte alta e baixa), e não é verdade que é possivel ir apenas de carro próprio pois na região existem jipeiros que levam os turistas na parte alta onde só os 4X4 chegam. Na parte baixa consegui chegar com meu Uno , pois a estrada é razoavelmente boa. Abraços!! Vlw Flw!

  14. Ótima matéria Cris! Fiquei em dúvida sobre a cachoeira da Fumaça. Você disse que a subida é em torno de uma hora e a trilha é leve a moderada. Quando fui em 2011 gastamos mais tempo para subir, não sei se foi minha falta de preparo físico, mais achei a trilha pesada.

    • Olá Viviane, pode ser isso mesmo. Comparada com outras trilhas que fiz eu acho a da Fumaça bem leve, mas isso pq sou acostumada a fazer trilhas e caminhar muito. Talvez para pessoas com menos condicionamento pode ser uma pouco mais pesada. Agradeço por sua observação!

  15. Ótimo Post Cris, mas pesquise sobre a cachoeira Encantada na Chapada Diamantina, ele tem 230 metros! Estaria nesta lista também!

  16. Oi Cris,

    Gratidão por divulgar a cachoeira do (coração) Tabuleiro, a maior maravilha do nosso quintal, eleita a mais bonita da Estrada Real, onde estão localizadas as maiores cachoeiras do Brasil.

    Paz luz felicidades

    Inte Namaste Samuel

  17. Faltou a Cachoeira do Jatobá em Vila Bela da Santíssima Trindade, MT que tem mais de 200 metros e não está na lista.

    • Olá, Fábio. Exatamente! Estive ontem (16/07/17) na Cachoeira Jatobá e o camarada do sítio da entrada me garantiu que ela tem 230mts. O nom de ir lá na Serra de Ricardo Franco, em Vila Bela – MT, você pode visitar pelo menos 7 grandes cachoeiras num percurso de 50Km que pode ser feito de carro. As mais famosas são: Jatobá, Namorados, Capivari, Esmeralda, Paraíso entre outras.

  18. A quinta cachoeira mais alta do Brasil é o Salto Jatobá, no Parque Estadual Ricardo Franco – Mato Grosso. São 245 metros de altura. No mesmo parque tem outra de 190 metros, a cachoeira do Galerinha.

  19. Olá Cris,
    Já fui umas 10 ou 11 vezes ao Brasil (a última em dezembro passado) mas a verdade é que conheço muito pouco deste Brasil das chapadas, parques naturais e cachoeiras. Para ser honesto, não conhecia nenhuma destas cachoeiras… 🙁 Obrigado pela partilha.
    Está na cara que tenho de voltar aí, principalmente a MG! Grande abraço desde Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.