Estrada Real: caminhos, roteiros e passaporte

46
387

A Estrada Real é assim: 1600 km de extensão,  quatro caminhos, vários roteiros e inúmeras cidades. Os caminhos da Estrada Real trazem à tona memórias da história do Brasil por rotas abertas no século 17, que foram utilizadas no transporte de ouro e diamante de Minas Gerais até o Rio de Janeiro, que então seguiam para Portugal. O Caminho Velho, que vai de Ouro Preto a Paraty, foi o primeiro a ser aberto pelos exploradores. Logo esse caminho tornou-se rota de contrabandistas e assaltantes, obrigando a Coroa Portuguesa a criar uma nova rota: o Caminho Novo.

Estrada Real

Dizem também, que o Caminho Novo foi uma rota alternativa e mais curta para chegar até Ouro Preto. Já no final do século 17 os bandeirantes seguiram para o norte em busca de prata e esmeraldas, surgindo então o Caminho dos Diamantes. Outra rota é o Caminho Sabarabuçu que tem uma história bem interessante. As serras do Caminho dos Diamantes eram vistas como locais de grande reserva de ouro e outras pedras preciosas, por causa do intenso brilho da Serra da Piedade — antigo Pico de Sabarabuçu. O que pensavam ser ouro no pico da serra, era na verdade minério de ferro, que refletido na luz do sol emitia um intenso brilho. Até descobrirem que “nem tudo que reluz é ouro”, muitos fizeram essa rota na esperança de encontrar ouro. 

estrada-real

Escolhendo sua rota

Dentre tantas possibilidades você pode criar seu próprio trajeto, escolhendo percorrer um, dois ou todos os caminhos. O roteiro pode incluir cidades históricas, igrejas e casarões centenários, parques nacionais, cachoeiras e muito mais. A rota da Estrada Real passa por várias trilhas e estradas de terra, que são ideais para explorá-las de bicicleta, off road, cavalo ou a pé. Mas se você for menos aventureiro, pode escolher chegar nas principais cidades por estrada de asfalto ou trechos de estrada de terra.

O SitGeo (Sistema de Informações Turísticas Georrefenciado da Estrada real) é uma ferramenta desenvolvida recentemente pelo Instituto Estrada Real que auxilia o viajante na montagem do roteiro. Basta fazer um cadastro e montar sua rota. Na ferramenta estão disponíveis todas as atrações históricas e naturais de cada cidade, dicas de restaurantes e hospedagem, extensão da trilha, tipo de pavimentação e até nível de dificuldade. Depois de planejar o roteiro, o usuário pode imprimir, salvar em PDF ou compartilhar a rota com os amigos.

No mapa abaixo, o traço roxo indica nosso trajeto pela Estrada Real. O traço verde, amarelo e vermelho indicam que passamos por cidades de três dos quatros caminhos.

Rota dos #BlogueirosnaER

Além disso, é possível fazer upload em arquivo GXP (GPS) da sua própria trilha e utilizar dentro da ferramenta SitGeo:

SItGeo Estrada Real

Roteiros planilhados

Baseando-se pelos marcos da Estrada Real — que são aqueles totens de concreto no “meio” do caminho —, é possível percorrer várias trilhas que também estão planilhadas no site oficial. Os roteiros são bem detalhados e ainda trazem informações como o nível de dificuldade, distância total, entre outros. As rotas são pré definidas de um ponto a outro. Na nossa viagem Blogueiros na Estrada Real fizemos o trecho entre Chapada e Lavras Novas, e usamos essa rota:

roteiro planilhado ER

marcos-estrada-real-1

estrada-real-dentro-mochilao-1 copy

marcos-estrada-real-blogueiros

Passaporte Estrada Real

Inspirado em trajetos como o Caminho de Santiago de Composto, a Estrada Real também tem passaporte. Para retirar o seu basta fazer o cadastro online nesse site, imprimir e apresentá-lo preenchido em um dos pontos de retirada em Ouro Preto no escritório do Instituto Estrada Real, localizado no Centro Cultural; e em Dimantina no escritório do IER ou na Pousada do Garimpo. É necessário levar 1 kilo de alimento não-perecível, que será doado para instituições de caridade. E pronto! Depois é só seguir viagem e carimbar o passaporte por onde passar.

Para conseguir o certificado de conclusão de cada caminho, é necessário ter pelo menos 14 carimbos do Caminho Velho, 10 do Caminho dos Diamantes, 8 do Caminho Novo e 4 do Caminho do Sabarabuçu.

passaporte-estrada-real-dentro-mochilao

passaporte-estrada-real-dentro-mochilao1

Banner-blogueiros-blogueiros-na-ER

*O projeto Blogueiros na Estrada Real foi uma realização do Instituto Estrada Real, com organização do blog Dentro do Mochilão e o apoio da Bancorbrás. Outros seis blogueiros também participaram, são eles: Pé na Estrada, Viajando com Eles, Segredos de Viagem,  Trilhas e Aventuras, Territórios e Viagens Cinematográficas. Para acessar todo conteúdo nas redes sociais, utilize #BlogueirosnaER.

46 COMENTÁRIOS

  1. Oi, tudo bem?
    Você tem alguma informação sobre os ônibus que atendem a rota do Caminho Velho? Quero fazer parte deste percurso a pé e parte de ônibus, infelizmente as minhas férias são curtas. Grata, abraços!

  2. Olá,
    Muito legal o seu site,
    só tenho uma duvida, como que faço pra levar a bike de paraty pra ouro preto, vou de carro até ouro preto e fazer o caminho de Bike!
    att
    Yuri

  3. OLA GALERA ESTOU JUNTAMENTE COM UMA TURMA QUERENDO FAZER O TRAJETO DE GUANHAES MG ATE APARECIDA DE BIKE ALGUEM TEM ALGUMA SUJESTAO DESDE JA OBRIGADO

  4. Pretendo fazer o caminho dos diamantes e o caminho velho de bike.

    você crê que é possível fazer todo o percurso se hospedando apenas em campings ou fazendo camping selvagem?

    Há campings por todo o trajeto?

    Grato

  5. Olá, é possível fazer o caminho dos diamantes Diamantina >>> Ouro Preto de carona? Estou pensando em ir em janeiro.

    • Olá Tathilla, não sei te responder… É possível fazer qualquer viagem de carona, desde que tenha fluxo de carros e pessoas dispostas a te levar. Vou ficar te devendo essa resposta. Boa sorte!

      Grande abraço!

  6. Bom dia a todos,gostaria de saber se existem grupos pequenos com o intuito de fazer o caminho dos diamantes andando,e existindo como contactar os mesmos,uma outra dúvida é,caso opte por fazer sozinho tal trajeto,se os riscos são grandes,sou atleta,então acredito que fisicamente não teria contra tempos,mas em questão existe alguma contra indicação no quesito segurança,desde já sou grato pela atenção

  7. Fiz parte da Estrada Real pelo caminho velho, onde partir de Ipoema e subi ate Diamantina. Viagem de moto onde passei por várias cidades, cachoeiras, rios. Estrada Real super tranquila e segura entre montanhas e rochas com sua exoberante natureza. Excelente viagem pra quem gosta, comendo uma boa comida tipica mineira em restaurantes bons e fácil acesso a pousadas para bom descanso. Super recomendo, mais informações pode entrar emm contato. Já estou me programando pra completar a Estrada Real partindo de Ipoema ate Paraty Rj.

  8. Bom dia,
    Estou pensando em fazer o roteiro velho entre Ouro Preto à Paraty com uma Duster 4X2, a minha dúvida é em relação ao percurso, quem poderia me enviar alguma informação?
    Abraços,
    Wiolson

  9. preciso de um gps para mim percorrer a estrada mais não acho.
    gostaria de fazer esse trajeto 90% estrada de chao e trilhas .. existe??
    ou algum mapa q mi guie mais detalhado ???

  10. Olá Cris. Estou planejando fazer a Estrada Real pelo caminho velho de bike, vc sabe me dizer se existe algum relato de assaltos na Estrada Real ?

    Abraço.

  11. Olá Cris, muito legal este post.
    gostaria de saber em média o gasto financeiro pra percorrer o caminho velho (Ouro Preto – Paraty) de 4×4.. você teria um valor de referencia para me passar? Estou planejando fazer este trajeto agora em Janeiro.
    Abraço.

    • Olá Sanaya, infelizmente não tenho um valor de referência porque nunca fiz esse trajeto, nem de 4X4. Mas você pode se basear pelo que o que costuma gastar em suas viagens. Minas Gerias não é um dos destinos mais caros do Brasil, dá para viajar bem sem gastar muito.
      Grande abraço,

  12. cara Cris,sou mais velho ,sem boas condições físicas,porem quero percorrer a ER(mais que querer precisar…).Penso em iniciar pelo sabarabuçu.Vou sozinho,qto vc calcula que da para fazer ao dia(km),conhece algum livro descrevendo esse caminho?so acho sobre os outros.Obgdo

  13. Bom dia!!!
    Fiquei super feliz quando vi esse post aqui no seu blog. Estava procurando informações detalhadas sobre isso e não encontrei ninguém que me desse tão bem detalhada explicação. Muito obrigada mesmo. Parabéns, seu blog está ótimo, já estou seguindo!
    Beijos, até a próxima.

    • Olá Tiago, sempre dá, para qualquer lugar. rsrs Mas como você deve saber, viajar na “rootzera” te expõe a maiores riscos de perrengues. O caminho da Estrada Real passa por cidades de interior, onde você poderá pegar caronas e ficar hospedado em camping ou em casa de receptivos familiares. Muitos fazem a trilha a pé (inclusive eu, quando fui a primeira vez). Mas ó, de Paraty até Diamantina é chão com força, como dizem em Minas. hehe Dá uma pesquisada nas distancias antes. Nesse site você vai encontrar os roteiros planilhados, caminhos, distancias, etc… -> http://www.estradareal.tur.br

      Grande abraço,
      Cris Marques

  14. Deixa eu ver se eu entendi, vocês fizeram a trilha da Estrada Real a pé? Meu deus!! Vocês são guerreiros, só de pensar nisso já fiquei cansada! Admiro muito! hahaha

    Um abraço!

    • Olá Thainá,

      A primeira vez que fiz a Estrada Real, caminhei com mais 3 amigos durante 7 dias, percorrendo um trecho do Caminho Velho… Com o projeto Blogueiros na Estrada Real fomos de carro, pq a idade vai chegando e ficar caminhando demais não é a primeira opção. hehehe

      Grande abraço,
      Cris

  15. Olá, muito legal. Principalmente para quem gosta de aventuras como eu que já fiz parte do trajeto ( São João del Rei Ouro Preto ) a cavalo.
    Parabéns.

  16. Vcs já postaram o momento que estiveram na região de São João del-Rei e Tiradentes?
    Abs.

    Giovanni.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.