Hostel: opção de hospedagem que permite interação com outros viajantes

5
557

Hostel = Albergue ≠ muquifo 

Os hostels ou albergues, como preferir chamar, são uma opção de hospedagem que visa a integração e o intercâmbio cultural entre os viajantes. São locais que recebem famílias com crianças, viajantes solitários, casais e não tem nenhuma restrição de idade. Todos são bem-vindos!

Como funcionam os hostels

A ideia de que um hostel é um lugar sujo, inseguro e abandonado é coisa de filme de terror. Os hostels estão cada vez mais preocupados com a comodidade, bem estar e segurança de seus hóspedes. Claro que toda regra, tem sua exceção. Assim como você pode encontrar um hotel ruim, pode também se deparar com um albergue muito precário. Mas aí, é só pesquisar e pegar referências com quem já esteve no lugar. Hoje existem inúmeros aplicativos para ajudar os viajantes a encontrarem os melhores espalhados no mundo.

hostels nem sempre são a opção mais barata de hospedagem

Muitos acreditam que albergue é a solução de hospedagem mais barata em uma viagem. Mas ó, nem sempre. O “estilo” mochileiro de viajar está cada vez mais em ascensão e consequentemente, aparecem vários estabelecimentos para atender esse tipo de público — sendo eles, na maioria europeus e norte-americanos — e, muitas dessas hospedagens cobram preços bem salgados por seus serviços, principalmente no Brasil. Afinal, mochileiro também movimenta a economia local. Não se iluda pensando que albergue é sinônimo de hospedagem barata. Dependendo da cidade e da época, uma diária pode sair bem mais cara do que um quarto simples de hotel ou pousada. Se seu objetivo é realmente economizar busque por hospedagens alternativas como couchsurfing e WWOOF.

O mais conhecido dos albergues é o Hostelling Internacional (HI Hostel). A rede de albergues é a mais antiga do mundo e conta com milhares de opções de hospedagens e sócios alberguistas pela Europa, América do Sul, Norte e Central, Ásia, África e Oceania. Com a carteira da HI Hostel, o viajante sócio têm descontos exclusivos nos estabelecimentos.

hostels
Cozinha coletiva do Hostel 7 em Brasília

Como são os albergues?

As estruturas dos albergues variam entre estilos de pousadas, pensões, casas e até hotéis. Os quartos, na maioria, são coletivos e/ou mistos. Alguns dispõem de quartos single e duplo, com banheiro individual, por um preço diferenciado. Quase todos os albergues seguem uma estrutura padrão com:

  • Banheiros partilhados;
  • Cozinha coletiva;
  • Locker (para guardar sua mochila e equipamentos);
  • Aérea comum para socialização.

Outros serviços também são oferecidos:

  • Internet, lavanderia, serviço de almoço e jantar, bares;
  • Alguns incluem café da manhã;
  • Aluguel de bicicletas.

Tarifas

Os preços variam de acordo com os serviços oferecidos, época do ano e tipo de quarto. O diferencial dos albergues europeus é que as tarifas são baseadas no preço da cama e não do quarto. Ou seja, na Europa você pode encontrar hospedagens por menos de 5 euros a diária. Ao contrário do Brasil, onde muitos albergues cobram tarifas com o mesmo valor da diária de quartos de hospedagens convencionais. Existem também, tarifas promocionais para quem “bloqueia” todo o quarto. Essa é uma alternativa econômica para quem vai viajar em grupo.

É seguro?

O fluxo de pessoas é intenso o todo todo, por isso fique atento aos seus pertences e não deixe nada espalhado. Essa é a mesma regra para qualquer espaço público; objetos de valor: guarde no locker. Fora alguns cuidados básicos como esses, os albergues são ambientes seguros que recebem viajantes do mundo todo!

Avalie o hostel e ajude outros viajantes

A comunidade Hostel World é uma rede social de viajantes que compartilham impressões positivas e/ou negativas de vários albergues pelo mundo. Ficou na dúvida sobre o albergue? É só entrar no hostelworld.com, digitar o nome do hostel e ler as avaliações. Você também pode fazer a reserva pelo próprio site que cobra uma taxa pelo serviço.

5 COMENTÁRIOS

  1. Concordo contigo, Cris. Albergue nem sempre é a melhor opção. Nos Estados Unidos, por exemplo, os hotéis saem mais em conta do que os albergues. Em Las Vegas, nós ficamos em um puta cassino por US$29,90 o casal! Os albergues estavam a partir de US$40,00 por pessoa.

    • Olá Debora,
      Minha primeira opção de hospedagem sempre é couchsurfing, mas as vezes não dá tempo de pedir um couch. Aí, a solução é bater perna para achar uma hospedagem mais barata. Por incrível que pareça, foram poucos os albergues que encontrei que forma mais baratos que hotéis pequenos e pousadas. (Bom.. vou aproveitar e revisar esse post que foi escrito em 1954. rsrs)
      Grata por seus comentários.
      Beijo grande!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.