Maboneng, o bairro mais estiloso de Joanesburgo

0
1105

Joanesburgo, conhecida também por Jo’burg ou Jozi, é o início da rota de chegam para desbravar a África do Sul. Como as grandes cidades no mundo — cerca de 5.7 milhões de habitantes — Joanesburgo oferece uma variada opção de atividades, principalmente cultural. O que muitos desconhecem é que além do centro e das zonas mais turísticas, como Newtown, bairros pouco conhecidos começam ocupar um importante papel dentro da consolidação cultural da cidade. Um desses lugares é o bairro Maboneng.

maboneng-africa-sul-1

O bairro foi “recriado” em 2010 pelo investidor imobiliário Jonathan Liebmann que visualizou a possibilidade de transformar o local em uma região de forte influência cult. Graças a grande oferta cultural e gastronômica a região ganhou vida e, as antigas fábricas e gráficas abandonadas em Maboneg transformaram-se em espaços de arte, moda e cultura. A ousadia do empreendedor conseguiu transformar uma zona urbana considerada perigosa, em um dos locais mais cool da cidade. No lugar de fachadas escuras, intervenções urbanas, grafites coloridos e muitas, galerias de arte ocuparam espaços, antes abandonados. As pessoas que frequentam Maboneg compõem o cenário com estilos fortemente influenciados pela cultura hipster.

Maboneng, em Joanesburgo

Se você gosta dos movimentos cultuarias alternativos como hipster, beatnik e vintage, sugiro incluir no roteiro uma passada por Maboneg. São tantas opções do que conhecer no bairro que você pode contratar um guia local para visitar os principais pontos. Apesar da fama internacional, de ser uma das cidades mais perigosas da África do Sul, me senti muito segura e adorei o ambiente do lugar. A atenção deve ser como em qualquer outra grande cidade do mundo, no mais… aproveite o que Maboneg tem para oferecer!

maboneng-africa-sul-5

maboneng-africa-sul-8

maboneng-africa-sul-4

maboneg

maboneng-africa-sul-7

maboneng-africa-sul-2

Market on Main

Toda quinta-feira de cada mês, das 19h às 21h, — exceto janeiro e abril — acontece o Market on Main, um espaço social criativo comunitário que ocupa um antigo armazém. Atualmente é um dos principais eventos da região. O evento gastronômico/cultural acontece dentro de um antigo armazém e várias barracas de comida da culinária internacional dividem espaço com uma pequena feira de artesanato e uma exposição itinerante. A proposta do Market on Main é dar oportunidade para os vendedores locais e trazer a comunidade para um espaço comum, tendo como base a economia solidária. Por isso, os preços das comidas e bebidas são super acessíveis. Para saber quando será a próxima Market on Main é só ir na página oficial do evento.

CurioCity Backpackers

Localizado em uma das principais ruas de Maboneng o hostel foi uma antiga gráfica, na época, frequentada por Nelson Mandela para imprimir folhetos da ANC — grupo que lutou contra o apartheid na África do Sul.Em uma das paredes da recepção ficam expostas três folhas do jornal ANC em memória ao lugar. O hotel mantém a decoração simples e rústica, sem perder a referência histórica original do prédio. É uma opção super econômica dentro da borbulhante zona cultural. No próprio hotel você pode contratar passeios turísticos e alugar bicicletas. O café da manhã não é incluso. A pesquisa de preço pode ser feita através do DetectaHotel, um site muito bacana que busca o preço mais barato por todos os buscadores de hotéis.

maboneng-africa-sul-11

Maboneng na África do Sul

maboneng-africa-sul-12

Maboneng na África do Sul

maboneng-africa-sul-6

Maboneng na África do Sul

maboneng-africa-sul-10

Maboneng na África do Sul

* O projeto Blogueiros na África do Sul (#DescubraAfricadoSul) foi uma realização do Travel Concept Solution com apoio da Pangea TrailsSouth African Airways, Detecta Hotel e incentivo da agência nacional de turismo (South African Tourism), da cidade de Joanesburgo (Joburg Tourisme também de Cape Town (Cape Town Tourism). Veja também os blogs que participaram da viagem: Dentro de MochilãoTerritóriosViajando com Eles e Viagem CriativaA viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão da autora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.