Mulher, você não precisa viajar sozinha

0
526

Esse texto é para todas que não viajam sozinhas, é sobre uma linha tênue entre a fala do empoderamento ao silêncio daquelas que não se veem nesse lugar. ⠀

Várias temáticas sobre viagem incorporam o feminismo a partir das mulheres que viajam sozinhas. No entanto, quando o discurso do “viajar sozinha” sempre vem focado individualmente ele enfraquece o entendimento estrutural que engloba o coletivo. ⠀

Nenhuma mulher deve se sentir desconfortável por não ser “aquela que viaja sozinha”. Tão pouco, precisa desse tipo de viagem para se encontrar, encarrar seus medos ou vivenciar algo transformador. Já estamos sós diante de muitas realidades, sem mesmo precisarmos viajar. ⠀ ⠀

Observo que essa temática também foi inserida como uma estratégia de marketing, que se aproxima a um lugar de status, de um “nível” que necessita ser alcançado para se empoderar enquanto mulher viajante. ⠀

Existem manas incríveis viajando sozinhas, encarrando todos os desafios do caminho e vivenciando a plenitude de sua liberdade. Têm aquelas que compartilham nas redes sociais e outras estão no “anonimato virtual”, que arrisco dizer, são maioria. Todas essas mulheres são fodas, pois fazem de suas escolhas a sua verdade. E veja bem, não estou falando de quem pega um avião sozinha para encontrar pessoas conhecidas. Esse tipo de escolha também é legítima, mas almejar esse “título” pode ser uma armadilha para si mesma. ⠀

O que eu quero dizer, que por trás da escolha de viagem de uma mulher, sempre existirá uma conquista. Qualquer protagonismo feminino deve ser celebrado: seja a mãe que viaja sozinha com seus filhos, aquela que escolhe viajar com seu/sua companheiro/companheira, das que viajam em grupo… Você inclusive, pode um dia ser a mulher viajante sola e de repente, se vê apreciando a companhia de outra pessoa. ⠀

Que bom que você pode escolher viajar! As diferenças entre nós existem, cada uma tem um estilo de vida e uma preferência de viagem. Veja aí a pluralidade das mochileiras até as viajantes de luxo. É muito importante não deixarmos que a condição de viajar sozinha seja um elemento determinante de empoderamento. Entenda que a luta que nos une é uma só, independente de como você escolhe viajar. Estamos juntas. ♥️

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.