Le murs de Je t’aime, o muro dos Eu te amo em Paris

4
67

Você já ouviu falar do muro dos Eu te amo!? Paris é uma cidade incrivelmente envolvente, tudo nela encanta! É impossível conhecê-la sem querer um pouco mais. Na cidade você pode ir dos passeios clássicos (e imperdíveis) até os lugares mais surpreendentes, como conhecer as catacumbas nos subterrâneo de Paris.

Mas o que mais envolve a energia da cidade é o amor. Paris é um dos lugares mais procurados do mundo por casais em lua de mel, é um dos cenários mais cobiçados para pedidos de casamento. E não é pra menos, já que Paris também é considerada a capital do amor.

muro dos Eu te amo

E foi inspirado no amor que os artistas Frédéric Baron e Claire Kito criaram em outubro de 2000 o muro Muro Eu te amo, repleto de “Eu Te Amos” escritos em 311 línguas, espalhados em mais de 600 azulejos e cobrindo 400m². Mas a proposta também era trazer uma reflexão sobre esse mundo atual marcado pela violência e dominado pelo individualismo.

paris-muro-eu-te-amo-3

O muro dos Eu te amo está localizado em Montmartre, um dos bairros mais charmosos de Paris. Famoso pelo filme Amélie Poulain e por Moulin Rouge, um dos mais tradicionais cabarés de Paris construído em 1889. Entre o século 19 e 20 já moraram no bairro grandes artistas de diversas áreas como Picasso e Van Gogh.

Ao lado do metrô Abbesses, fica o pequeno parque Square Jehan Rictus que guarda as declarações de amor mais democráticas do mundo!

Um detalhe que quase passa despercebido é que os desenhos vermelhos espalhados pelo muro são pedaços de corações partidos, como uma alusão ao que o amor pode juntar.

Outro desenho que chama atenção é a mulher de vestido azul em cima dos azulejos. Ela é Rita Hayworth, uma estrela do cinema dos anos 40, com a frase: “o amor é caótico, vamos amar”.

paris-muro-eu-te-amo-1

paris-muro-eu-te-amo-4

paris-muro-eu-te-amo-6

O acesso ao muro dos Eu te amo é gratuito e o horário de funcionamento varia de acordo com a estação, verifique no site oficial: www.lesjetaime.com

Brasiliense, turismóloga, blogueira, mulher medicina, admiradora das brincadeiras populares e dos simbolismos étnicos. Sol e lua em sagitário, adora banana, cachoeiras, rios e mar. Não viaja sem seus óleos essenciais, não recusa um convite para dançar e acredita que o abraço cura.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.