0
COMPARTILHAMENTO
Pinterest Google+

Se você gosta de descobrir novos lugares e sair do agito das praias badaladas, esse post é pra você

Nele, falaremos sobre o que fazer em Ubatuba, de suas 7 praias desertas que são espetaculares e que farão você repensar os conceitos de belezas naturais.

Onde fica?

Ubatuba fica no litoral norte de São Paulo, e está localizada a 222 km da capital paulista e a 316 km do Rio de Janeiro.

Considerada uma estância balneária, a cidade recebe mais incentivo financeiro para o turismo o que deixa tudo ainda mais atrativo e com infraestrutura adequada para receber turistas o ano todo.

Com enorme quantidade de praias em seu litoral, são mais de 100, é possível encontrar alguns segredos, entre eles, as praias desertas e maravilhosas do local. Vamos viajar?

1. Praia de Ponta Aguda

Localizada no extremo sul de Ubatuba, essa praia é repleta de mata nativa e de mar verde e transparente.

As águas desse paraíso são calmas, a areia é fofa, clara e quase sempre coberta por conchas. Um convite para quem ama e quer contato intenso com a natureza. Para deixar tudo mais gostoso, a praia é cortada por um rio de água salobra, um pouco menos salgada que o mar, e é possível observar pitus e robalos que são abundantes no local.

A praia deserta é bastante procurada para mergulhos nos costões, para esportes náuticos e para lazer familiar, no último caso, pela calma das águas.

Praia de Ponta Aguda

2. Praia da Figueira

Uma outra opção de praia deserta em Ubatuba é a Praia da Figueira. Ela é a segunda da cidade e está localizada no extremo sul do município. Entre as Praia das Galhetas e a Praia da Ponta Aguda, que falamos acima, está próxima de Caraguatatuba.

A faixa de areia da Figueira é generosa, macia e limpa. Para lhe conferir mais charme, a costa é cortada, em um dos cantos, por um pequeno rio de água salobra com destaque para a grande população de pitus, uma espécie de camarão. Mas como uma boa praia deserta, não há restaurantes ou grande infraestrutura para receber visitantes. O que se encontra é uma comunidade caiçara e um pequeno quiosque. Logo, é bom ir preparado.

Praia da Figueira

3. Praia da Lagoa

A Praia da Lagoa faz parte da Trilha do Saco das Bananas, tem o formato de “ferradura”, é de tombo. Ela não é abrigada e está suscetível a mudanças bruscas de marés, já que está de frente para o mar aberto. Possui areia branca, grossa e com muitas conchas, e seu nome deve-se à existência de uma enorme lagoa no lado esquerdo da praia.

Suas águas transitam entre o verde claro e o azul e o barulho das ondas deixa qualquer um extasiado. Inclusive, onde as ondas estouram no canto direito, onde se levanta uma espuma por conta do impacto com as pedras, algo muito bonito para se observar.

Praia da Lagoa

Já no canto esquerdo desse paraíso, o mar é mais calmo e oferece para os visitantes uma lagoa linda e refrescante de água doce. Separada do mar apenas por uma faixa de areia de 3 ou 4 metros é possível observar tartarugas marinhas e espécies raras de peixes e aves.

Além disso, a lagoa é ideal para um banho, para tirar o sal do mar e para apreciar a vegetação e a beleza local que é enorme.

4. Praia do Cedro

Considerada uma das 10 praias mais bonitas do Brasil, a Praia do Cedro está mais próxima do centro de Ubatuba e o acesso é um pouco melhor do que as demais praias desertas da cidade. Depois de chegar de carro, são 5 minutos de caminhada para alcançar as as areias.

A vista é deslumbrante, uma vez que existe uma plantação de cedros em sua entrada e a mata virgem bem próxima das areias é de fato o que a coloca na posição de uma das mais belas da costa do país.

Praia do Cedro

O mar é calmo e de águas cristalinas, tem pequena extensão e suas areias são amareladas. Para quem gosta de bichinhos, é possível ver pequenos esquilos, caxinguelês, tartarugas marinhas e golfinhos. Sensacional, não?

A praia é bastante procurada para mergulho e observação marítima. E lembre-se: leve comidas e bebidas, pois o local conta, apenas, com um pequeno quiosque.

5. Praia de Fortaleza

Essa maravilha fica na região sul de Ubatuba e para acessá-la são 8 km de estrada cheia de curvas, subidas e descidas. O mar é bem calmo, ondas só na área central. O destaque vai para a reserva natural de Mata Atlântica que é lindíssima.

No canto direito da praia, quando a maré está baixa, é possível fazer uma pequena trilha, de aproximadamente 50 metros. Ao final desse caminho encantado, encontram-se águas rasas que são perfeitas para snorkeling. Forma-se uma piscina natural chamada de Prainha de Fortaleza quando acontece o evento.

Praia de Fortaleza

Também no canto direito, é possível fazer uma trilha, que dura de 15 a 20 minutos, para o Pontão da Fortaleza. Uma formação rochosa que adentra o mar, obra esculpida por anos pela natureza.

Apaixonados pelas belezas naturais certamente amarão o local.

5. Praia do Bonete

A Praia do Bonete é uma excelente opção para quem busca contato intenso com a natureza. Ela é pouco frequentada e seu acesso não é muito complicado. Esse paraíso natural faz parte da Trilha das 7 Praias (Oeste, Perez, Bonete, Praia Grande do Bonete, Cedro do Sul, Praia do Deserto e da Fortaleza) e merece a sua visita.

Seu mar é um pouco agitado, suas areias são de cor amarela e o ambiente é extremamente preservado, o que traz a rusticidade característica das praias desertas.

A infra é pequena, o local conta apenas com um quiosque simples e, portanto, é preciso se programar para ficar no local.

7. Praia das Conchas

Conhecida também como Praia do Lúcio, essa beleza está a aproximadamente 17 Km ao norte do centro de Ubatuba.

Seu acesso é feito por trilha que começa no canto esquerdo da Praia do Félix. São cerca de 10 minutos de caminhada.

A enorme laje de pedra em sua entrada impressiona os amantes da natureza e é preciso atravessá-la para acessar a charmosa praia. Inclusive, há formação de piscinas naturais sobre a laje e isso já encanta os visitantes.

Praia das Conchas

Apesar de pequenina, cerca de 10 metros de extensão, suas areias são brancas e repletas de conchas. O entorno é arborizado, cheio de sombra e o mar é bastante tranquilo e transparente, ideal para a prática de snorkeling.

Espere um local bem rústico e sem estrutura. E preste atenção: se a maré estiver cheia, o local desaparece, portanto, fique de olho nas previsões, ok?

Dicas importantes para quem frequenta praias desertas

Como a maioria das trilhas acontece em meio a Mata Atlântica é preciso saber que há abelhas, insetos, porcos do mato e a possibilidade de algumas cobras, principalmente onde há bastante sol. Portanto, uma excelente dica é percorrer o local com um guia credenciado, que além de contar as curiosas histórias, sabe como agir em situações como essas.

Outra sugestão, é que recolha todo e qualquer lixo gerado. As áreas são preservadas e, para conservar sua beleza, é preciso estar atento à isso. Leve sacos para apanhar tudo o que for gerado e dispense em um local apropriado. A natureza agradece.

Deixe suas dicas de ouro para frequentar praias desertas!

Post anterior

As belezas naturais do litoral do Piauí

Próximo post

This is the most recent story.

No Comment

Responder para

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *